Bastidores da Política - O julgamento do governador do Amazonas


O julgamento do governador do Amazonas

Por RAIMUNDO DE HOLANDA

14/09/2021 19h01 — em Bastidores da Política

O Superior Tribunal de Justiça retoma, no dia 20, o julgamento da denúncia da Procuradoria Geral da República contra o governador do Amazonas, Wilson Lima, acusado de chefiar uma organização criminosa que teria desviado dinheiro da saúde e superfaturado a compra de respiradores junto a uma adega de vinhos.

A acusação é grave e muito provavelmente será acolhida. A dúvida é se o tribunal vai afastar o governador ou permitir que ele, embora na condição de réu, permaneça no cargo até o julgamento final da ação. Há um grande lobby trabalhando nesse sentido.

O governo trabalha em três frentes: a primeira, alcançar maioria de votos pela ”inocência” do governador.

A segunda, pela sua manutenção no cargo, ainda que a denúncia seja acolhida.

A terceira e última, em um pedido de vista logo no início do julgamento, o que permitiria ao governador manter o discurso de que não é criminoso (como diz a subprocuradora Lindôra Araújo), e que tem cacife para se habilitar a concorrer à reeleição em 2022.

O julgamento será transmitido pelo YouTube, pela manhã e a sessão será por video conferência. O Colegiado é composto por 15 ministros e ninguém pensa igual.

Tanto é que o voto do relator em julgamento do gênero é geralmente contrariado, o que prova que tudo é uma questão de convencimento.

Mas isso não tira dos amazonenses, que vão amanhecer o dia colados no YouTube, o direito de fazer suas apostas…

Raimundo de Holanda é jornalista de Manaus. Passou pelo "O Jornal", "Jornal do Commercio", "A Notícia", "O Estado do Amazonas" e outros veículos de comunicação do Amazonas. Foi correspondente substituto do "Jornal do Brasil" em meados dos anos 80. Atualmente escreve a coluna Bastidores no Portal que leva seu nome.